quinta-feira, 26 de dezembro de 2013

Campeã Karol Souza é recebida pelos pais, "O presente é a medalha"

Uma visita ilustre desembarcou no Aeroporto Afonso Pena durante a tarde desta terça-feira, véspera de natal. Karol Souza, campeã mundial de handebol feminina com a Seleção Brasileira, foi recebida pela família com muito carinho. Mesmo com o saguão de desembarque vazio, os pais da atleta conseguiram emocionar Karol, após conexão em São Paulo.
A armadora esquerda se formou nas escolinhas da Fundação Municipal de Esportes de Paranaguá, comandada pelo técnico Edison Miola. A intenção inicial não era voltar para o Brasil, já que ela precisava continuar na Europa, para voltar ao clube dinamarquês Holstebro.
Só que a conquista mundial na Sérvia mereceu até uma folga para a jogadora, que ganhou um prazo para voltar ao país natal e passar as festas de final de ano com a família. Karol vai passar o Natal em Curitiba e depois viaja para Paranaguá.
- Eu já esperava que eles iam aprontar alguma coisa. O plano não era vir para Curitiba depois, mas depois da conquista não teve como, O clube me liberou e estou voltando no dia primeiro. Agora é só festa.
 Eu nem trouxe nada, só trouxe a medalha de ouro
Karol Souza
 A recepção dos pais foi recebida com muito carinho e fez ela lembrar de toda a sensação que passa, após o término do jogo - uma vitória por 22 a 20 sobre a Sérvia. 
- Estou até sem voz da comemoração. Sensação é inexplicável. A ficha ainda não caiu. Todo mundo ligando para nós, entrevista. No handebol nunca foi tão assim. Acho que daqui para frente vai dar um salto enorme. É uma sensação muito boa.
Para os pais, ela confessou que não comprou nem um presente, muito menos uma lembrança, mas dedicou a medalha dourada - inédita no Brasil. 
- Eu nem trouxe nada, só trouxe a medalha - disse, orgulhosa com a medalha no pescoço.
Mesmo não entrando tanto em quadra, Karol Souza destacou a presença de cada uma das jogadoras e revelou que o maior trunfo das meninas foi a união.
- Eu não tive tanto tempo de quadra, só mais nos dois primeiros jogos da chave. Mas independente de quem estava ou não, o time foi muito importante na quadra. O espírito da nossa equipe é a união.
Com a conquista inédita, Karol espera uma maior valorização do handebol no Brasil, para o grupo chegar forte e conquistar o feito nas Olimpíadas do Rio de Janeiro, em 2016. 
- O próximo grande foco é as Olimpíadas, mas temos o Campeonato Panamericano, o Sul-Americano no Chile. Vamos ter bastante desafios pela frente ainda - completou a campeã
Karol Souza exibe com orgulho a medalha de ouro conquistada na Sérvia (Foto: Reprodução / RPCTV)

Fonte: Globo Esporte

Do Blog: Vale salientar que Karol Souza tem raízes Lagoenses, a mesma é filha de João Souza, conhecido carinhosamente por Joãozinho, que é filho de Dona Luzia Nêga, irmão do Ex-prefeito Dedé e tio da Vice-prefeita Elíria Souza.

Nenhum comentário: