quarta-feira, 11 de junho de 2014

Após decisão judicial, médicos suspendem greve durante Copa em Natal



A Procuradoria Geral do Município entrou com ação no Tribunal de Justiça para impedir a continuidade da greve dos médicos do município de Natal durante a copa do mundo. O desembargador Francisco Saraiva Dantas Sobrinho emitiu parecer favorável a ação e estipulou, caso haja descumprimento da decisão, a penalidade de uma multa diária de R$ 20 mil, além de cobrança de R$ 2 mil aos presidentes dos sindicatos, individualmente.
Por este motivo, o Sindicato dos Médicos do RN informa à população que, a princípio, suspende a greve a partir do dia 12 de junho e retorna a partir do dia 31 de julho, como determinado na ação. Porém, a assessoria jurídica do sindicato irá recorrer da decisão para que o direito de greve do trabalhador não seja desrespeitado.
“A ação é autoritária e vai contra um direito constitucional dos servidores. Lutamos pelo que é justo e não podemos ser penalizados por isso”, declarou o presidente do Sinmed RN, Geraldo Ferreira.
Fonte: Portal no AR

Nenhum comentário: