segunda-feira, 4 de agosto de 2014

Prefeita do PT anuncia apoio a Henrique e defende fim do radicalismo

Pregando o fim do radicalismo em prol do desenvolvimento do Rio Grande do Norte, a prefeita do município seridoense de Ouro Branco, Fátima Silva (PT), anunciou nesta segunda-feira (04) que leva todo o seu grupo político a apoiar o candidato Henrique Alves (PMDB) na disputa pelo Governo do Estado.
Fátima disse que decidiu pelo apoio ao perceber o desenvolvimento das cidades onde o candidato do PMDB, que é deputado federal, exerce liderança. “Henrique cumpre o compromisso, zela e cuida dos municípios”, afirmou a prefeita. Ela contou que foi procurada pelo candidato, mas precisava do aval do seu grupo para declarar o apoio.
O anúncio foi feito no início da noite desta segunda-feira, no sítio São Roque, de propriedade da família da prefeita, localizado na zona rural de Outro Branco. Além de Henrique, ela também declarou apoio ao deputado estadual Nelter Queiroz (PMDB), candidato à reeleição. Nelter afirmou que a prefeita se une a outros que já trabalham pelo candidato no Seridó. “Cada um de nós vamos tomar conta da eleição de Henrique na região.”
Dezenas de pessoas ligadas ao grupo da prefeita acompanharam os discursos. Ela leva consigo o apoio da presidente da Câmara Municipal, Eurinete dos Santos (PHS), dos vereadores Genildo Medeiros (PDT), Celso Garofa (PSDB), Paulo Dantas (PT), Adriano Silva (PT), além do ex-prefeito Doutor Araújo (PSB), que administrou o município duas vezes.
Henrique afirmou que aquele encontro é emblemático para sua campanha e destacou que fez questão de ir pessoalmente ao sítio São Roque. “É com muita honra que recebo esse grande apoio”, declarou, reafirmando que aquele momento é uma prova de que o radicalismo político precisa ser “sepultado”.
“O radicalismo não serve mais ao Rio Grande do Norte”, disse, ao lembrar que o PT foi o primeiro partido a ser procurado por ele. “Eu queria procurar todos, mas o PT foi radical. Não aceitavam a participação de nenhum partido que não estava com Dilma Rousseff. Eu disse que esse tipo de radicalismo não existe. A realidade estadual se impõe. Eles se afastaram e agora estão coligados com três partidos que apóiam a candidatura de Aécio Neves.”
Nesse sentido, a prefeita Fátima se uniu ao discurso. “Não sou radical. Quando a pessoa está intencionada a ajudar, precisa unir”, disse. Segundo ela, na sua gestão, Henrique trabalhou pela cidade viabilizando obras de abastecimento de água na cidade. “Com Henrique governador, vamos trabalhar para solucionar o problema de saneamento básico da cidade”, completou.
Henrique Alves criticou a situação financeira do governo, que voltou a atrasar o pagamento de salário dos servidores, e disse que terá portas abertas em Brasília para conseguir trazer recursos para o Estado. 


Nenhum comentário: