terça-feira, 14 de outubro de 2014

Prefeito de Lajes denuncia perseguição política do governo por não apoiar aliado de Rosalba

7jpg
O prefeito de Lajes, Benes Leocádio, denunciou que está sendo vítima de perseguição política por parte do Governo do Estado por apoiar Henrique Alves (PMDB), candidato de oposição a Rosalba Ciarlini que venceu o primeiro turno com quase 80 mil votos de vantagem sobre o segundo colocado, conquistando mais de 50% dos votos no município.
Nesta segunda-feira (13), durante campanha de Henrique Alves e aliados em municípios da região Central – além de Lajes, visitou Pedro Avelino e Afonso Bezerra, o prefeito disse que o governo não está repassando o dinheiro – descumprindo decisão judicial – para o funcionamento do hospital e maternidade Aluízio Alves, referência na região. A dívida já chega a R$ 100 mil (R$ 50 mil mensais).
“Eu sei das brigas, intrigas e perseguições que um prefeito sofre quando não apóia o candidato do governo. Faz dois meses que o Estado deixa de cumprir o repasse ao hospital maternidade. Me ajudem a dar essa resposta, a dar o troco. O candidato do outro lado (Robinson Faria) tem apoio dessas pessoas que não querem o bem de Lajes”, afirmou Benes Leocádio, que chegou a falar com o secretário de Saúde e tinha a expectativa de regularizar a situação nesta terça-feira (14).
O prefeito disse que os adversários inventaram a mentira de que ele estava brigado com Henrique após o resultado do primeiro turno. “Eles querem confundir o eleitor com mentiras. Se dependesse de Lajes, Henrique seria eleito no primeiro turno. Mas não tem problema. Vamos dobrar essa maioria para eleger Henrique governador”, afirmou.
Em seu discurso, Henrique lamentou a postura dos adversários e disse que o povo não pode ser penalizado por questões políticas. “Esse é o retrato do governo que nós temos, mas não queremos para o Rio Grande do Norte. Não repassa dinheiro do hospital e ainda desrespeita decisão judicial”, criticou.
Sobre o apoio de Benes Leocádio, Henrique foi enfático: “Quem diz que estamos brigados só pode estar com algum problema de cabeça. Antes de aliados, somos amigos e parceiros. Os moradores de Lajes sabem o que fizemos para o município. Por isso, quero agradecer a maioria que a cidade de deu no primeiro turno.”
No município de Pedro Avelino, Henrique Alves, ao lado do prefeito Sérgio Cadó, Henrique Alves também agradeceu a votação do primeiro turno. Eu não poderia deixar de vir à cidade que me deu a maior votação, proporcionalmente, da região Central”, disse. Em Afonso Bezerra, ele participou de uma carreata pelas ruas do município e encerrou com um comício.

Nenhum comentário: