sexta-feira, 26 de dezembro de 2014

Após ameaças, homem grava novo vídeo pedindo desculpas a tenente

155637
Um dos homens filmados fazendo ameaças ao tenente da Polícia Militar Styvenson Valentim gravou um novo vídeo, desta vez pedindo desculpas ao coordenador da Lei Seca em Natal. Segundo ele, o vídeo com as ameaças foi gravado por “uma infelicidade” e repassado por outra pessoas através das redes sociais.
“Vim aqui para mostrar que sou um homem de bem”, diz ele, que ainda pede desculpas por chamar o tenente de “vagabundo” e, xingando o militar, afirma que mataria Styvenson, caso o encontrasse no posto de fiscalização da polícia quando ele seguisse de Búzios, no litoral sul, para Natal. No fim do vídeo, ele afirma desejar pedir desculpas pessoalmente ao tenente.
Os vídeos com as ameaças ao coordenador da Lei Seca tornaram-se “virais” nas redes sociais nesta sexta-feira (26). Em ambos os casos, as pessoas mostram os rostos e dizem que passarão pelas fiscalizações mesmo após ingerir bebidas alcoólicas e que estão dispostas a atropelar e matar o militar.
Após ver as imagens, Styvenson afirmou que estava acostumado a receber as ameaças através de telefonemas e mensagens, mas que foi a primeira vez que alguém mostrou o rosto fazendo insultos a um policial militar e que a situação será apurada.
“Se foi brincadeira, foi de muito mau gosto. Se foi sério, pior ainda. Eu não sou sozinho na polícia. Comigo é tranquilo, mas tenho certeza de que eles não teriam coragem de falar isso ao encontrar comigo em uma fiscalização. Minha vida segue normalmente”, disse o policial.
Em resposta, ele gravou um áudio dizendo que vai intensificar ainda mais a fiscalização. “De uma forma ou de outra, você vai aprender a me respeitar. Esse gordinho e esse outro caolho, só tenho medo de uma coisa: Deus. O restante, nada me provoca medo”.
Assista o novo vídeo:
Tribuna do Norte.

Nenhum comentário: