quinta-feira, 22 de janeiro de 2015

RN imunizou apenas 46% das meninas de 11 a 13 anos com segunda dose da vacina contra HPV

vacina hepatiteO Rio Grande do Norte vacinou pouco mais de 46% meninas de 11 a 13 anos – número bem abaixo da meta de 80 por cento do ministério da Saúde. O HPV é um dos principais causadores do câncer de colo de útero. De acordo com estudos da Organização Mundial da Saúde, duzentas e 70 mil mulheres, no mundo, morrem devido à doença.
Neste ano, o Instituto Nacional do Câncer estima o surgimento de 15 mil novos casos no Brasil – 260 apenas no estado potiguar. Para a subcoordenadora de Vigilância Epidemiológica, Estela Leal, o principal objetivo dessa vacina é a proteção futura da saúde dessas meninas. “É uma vacina eficaz para prevenir o câncer do colo do útero e é uma vacina segura. Nós não tivemos nenhuma reação grave associada a essa vacina no Brasil, como não houve em nenhum lugar do mundo. Há reações adversas, como em qualquer produto injetável, reações alérgicas, reações locais”, disse ela.
Robson Pires

Nenhum comentário: