segunda-feira, 5 de janeiro de 2015

‘Vamos cortar gastos para investir em segurança’, diz governador do RN

robinson
O governador do Rio Grande do Norte, Robinson Faria (PSD), reafirmou em entrevista ao Bom Dia RN desta segunda-feira (5) que vai priorizar a segurança pública durante toda a gestão e que pretende cortar gastos em outras áreas para investir em segurança. “Quem estabelece as políticas públicas é o governador e eu vou estabelecer as políticas de acordo com o clamor da sociedade”, afirmou.
Segundo ele, o governo irá trabalhar para não faltar dinheiro para pagamento de diárias operacionais de policiais, combustível de viaturas e outras questões críticas. “Segurança significa vida. Não pode faltar dinheiro para a segurança”, disse. Ele apontou ainda como primeira medida prática o reforço de 300 policiais militares nas ruas de Natal e Grande Natal desde o dia 2 de janeiro.
“Um dia depois da minha posse, Natal e grande Natal amanheceram com mais de 300 policiais nas ruas nas áreas mais críticas onde existem assaltos como o comércio do Alecrim, da Cidade Alta. Eu escutava muito o clamor dos comerciantes pedindo socorro ao Estado, ao governo pela falta de segurança e já estamos trabalhando para melhorar essa situação”, destacou Robinson.
Economia
O governador disse que está bem próximo de anunciar a redução do imposto sobre o querosene da aviação e que pretende se reunir com representantes das companhias aéreas para negociar novas grades de voos para o estado. Ele ressaltou ainda que quer fazer uma revisão tributária com o objetivo de fomentar a economia do RN. “Eu estou muito confiante na nossa equipe tributária, vamos fazer um estudo pra fomentar nossa economia porque o RN está perdendo investimentos. Nosso estado não é atraente para novos investimentos, e por isso precisamos fazer uma  revisão na nossa questão tributária para fomentar nossa economia”.
Saúde
Em relação à Saúde, o governador ressaltou que pretende otimizar o atendimento nos hospitais regionais e garantiu a construção de um hospital de trauma. “Precisamos redefinir o perfil dos hospitais regionais, temos 25 e precisamos saber o papel de cada um. Fazer o mapeamento, definir o perfil de cada unidade – alta, média ou baixa complexidade – e funcionar dentro da realidade de cada região”, disse. “O que o povo quer é um estado que tenha eficiência e eu vou buscar uma parceria pra fazer um hospital de trauma através de uma PPP (Parceria Público-Privada). Todos os governos prometeram e não fizeram e eu quero cumprir”.
Educação
Na área da educação, Robinson Faria afirmou que vai convocar professores concursados e que pretende implantar um projeto “corajoso” para erradicar o analfabetismo no estado. “Precisamos começar a nos preocupar com as escolas em tempo integral. Usar as escolas como equipamentos de cidadania também nos fins de semana para atividades de lazer e cultura”.
G1/RN.

Nenhum comentário: