quinta-feira, 23 de janeiro de 2014

Obras da Arena das Dunas duraram quase dois anos e meio.

arena2
As obras da Arena das Dunas duraram quase dois anos e meio. O estádio foi construído pelo Governo do Rio Grande do Norte por meio de uma Parceria Pública-Privada com a empresa OAS ao custo de R$ 420 milhões. Ao todo, trabalharam cerca de 4.500 operários, responsáveis pela estrutura que terá 42 mil lugares, 21 acessos de entrada, 38 camarotes, sala de conferência, sala de mídia, 30 banheiros, dois lounges VIP e 29 bares/restaurantes.
Além disso, foram entregues ambulatórios, academias de ginástica praça externa de 22 mil m² com piso intertravado para resistir a grandes concentrações de público durante os shows externos, auditório para 250 pessoas, escritórios/áreas comerciais, 1.700 vagas de estacionamento, campo com medidas de 105 m x 68 m e as 20 pétalas que compõem a cobertura que simula as dunas potiguares.
Toda a estrutura será mostrada para mais de 200 países que poderão assistir às partidas entre México e Camarões, no dia 13 de junho, Gana e Estados Unidos (16 de junho), Grécia e Japão (19 de junho) e Uruguai e Itália, no dia 24 de junho, todos válidos pela fase de grupos do Mundial.
Nesta quinta-feira (23), a OAS promoverá uma festa de comemoração privada para os funcionários e suas famílias, ocasião em que será descerrada uma placa com o nome de todos os trabalhadores. A cerimônia será fechada.
No domingo (26), a Arena será aberta a todo o público, mediante compra de ingresso, para assistir dois jogos: América x Confiança (pela Copa do Nordeste) e ABC x Alecrim (Campeonato Potiguar).

Nenhum comentário: