quarta-feira, 15 de outubro de 2014

Garibaldi poderá deixar o Ministério em defesa de Henrique

IMG_0333.JPG

Lideranças do PC do B trocam Robinson por Henrique em Macaíba‏

O candidato Henrique Alves (PMDB) recebeu nesta quarta-feira (15) duas adesões que contribuirão para aumentar sua vantagem no município de Macaíba. Professor Chico Alexandre e Clóvis Nunes, que disputaram vaga de deputado estadual pelo PC do B e apoiaram Robinson Faria no primeiro turno, anunciaram o apoio ao candidato do PMDB.
No primeiro turno, mesmo sem apoio do prefeito Fernando Cunha, Henrique Alves venceu em Macaíba com 14.741 votos, contra 13.254 de Robinson. Henrique tem apoio dos ex-prefeitos Luizinho Gonzaga e Marília Dias, além do presidente da Câmara Municipal Gerson Lima. Nesta quarta-feira, ao lado de Luizinho e Gerson Lima, o Professor Chico Alexandre e Clóvis Nunes anunciaram a decisão.
“No primeiro turno, votei em Robinson por questões partidárias da chapa que eu concorri. Mas não tive nenhuma interação com a chapa majoritária, nem com a candidata ao senado, nem com o candidato ao governo”, disse Professor Chico, que é docente do Departamento de Física da Universidade Federal do Rio Grande do Norte em Macaíba.
“Outro fator que muito me motiva é que sou professor da universidade federal. Temos uma série de propostas sobre o papel que as universidades podem ter para ajudar nas áreas mais estratégicas do estado. E Henrique aceitou ouvir e ele recebeu positivamente essa participação nossa. Vamos mostrar nossa força em Macaíba e reverter nossos votos para Henrique”, acrescentou o professor.
z
Heitor Gregório

Henrique recebe apoio de mais um prefeito do partido de Robinson

O prefeito de Paraú, Antônio de Narciso, filiado ao PSD de Robinson Faria, anunciou apoio na manhã desta quarta-feira (15) a candidatura ao Governo do Estado do presidente da Câmara dos Deputados, Henrique Alves (PMDB), na presença do deputado estadual reeleito Nelter Queiroz (PMDB), que teve o apoio de Antônio no último pleito.
“A importância da eleição de Henrique para o Rio Grande do Norte está acima de questões partidárias. O momento é de pensar no Estado. E pensando assim decide apoiar Henrique, que é o candidato que o Estado precisa. Só ele tem a força e a experiência para tirar o Estado da triste e lamentável situação em que se encontra. Não podemos mais arriscar. É votar certo e escolher o melhor. Vamos com Henrique”, justificou o prefeito, que garante maioria para o candidato do PMDB no segundo turno em seu município.
z
Heitor Gregório

Lagoa de Velhos/RN: Prefeito Igor Araújo desmente boatos de adesão a Robinson Faria e reafirma apoio a Henrique Alves


Diante de alguns comentários que chegaram ao blogue, dando conta de uma possível adesão do prefeito de Lagoa de Velhos Igor Araújo a candidatura de Robinson Faria ao governo do estado, resolvemos procurar o mesmo para tirar a limpo essa história.
Ao ser questionado pelo assunto Igor respondeu de pronto:
"Quem me conhece realmente, é sabedor da minha postura e posicionamento, quando resolvi apoiar e votar em Henrique, não foi apenas para o primeiro turno, continuo firme e forte nessa luta, vamos reverter o quadro em Lagoa de Velhos, dando a vitória a Henrique aqui e no estado". Disse Igor Araújo.
Essa declaração de Igor só mostra o quanto o mesmo é comprometido com o seu povo e sua cidade, demonstrando que apesar de ter pouco tempo na política, tem cara e lado.

terça-feira, 14 de outubro de 2014

O que o prefeito de Assu sabe fazer melhor é trair, diz coordenador de Henrique

ivan judas
A adesão do prefeito de Assu, Ivan Junior, a candidatura de Robinson Faria (PSD) ao governo do Estado não balançou nem um pouco com a estrutura de candidato a governador Henrique Eduardo Alves (PMDB).
Desde o 1º turno que nós sabíamos que Ivan e seu grupo não estavam com a gente. Todo o seu pessoal ficou com o adversário. Não foi nenhuma novidade.
Ele só tem que explicar ao seu eleitor porque falou no 1º turno que Henrique era o nome mais capaz para “governar o Rio Grande do Norte”.
Ivan é um “traidor de carteirinha”. Um verdadeiro “Judas”. Sua carreira política foi marcada por traições. É o que ele sabe fazer de melhor. É só perguntar ao deputado estadual George Soares, disse ao blogue um coordenador da campanha de Henrique.

Hermano Morais afirma que peemedebistas vão abandonar Dilma e votar em Aécio Neves

76i67io6
A insatisfação com o PT, sobretudo com lideranças que atuam em favor da campanha do candidato do PSD a governador, Robinson Faria, está levando peemedebistas a apoiarem a candidatura de Aécio Neves (PSDB) a presidente da República. A informação foi dada hoje pelo deputado estadual reeleito Hermano Morais (PMDB).
“Isso reflete no sentimento das pessoas que no primeiro turno já foram surpreendidas nas propagandas eleitorais e que agora no segundo turno têm demonstrado interesse em votar no candidato Aécio”, disse peemedebista, durante entrevista ao Jornal da Cidade, da FM 94.
Hermano negou que o PMDB romperá com Dilma Rousseff (PT) e declarará apoio a Aécio Neves (PSDB) no Rio Grande do Norte. Segundo ele, isso não acontecerá porque o candidato do PMDB, Henrique Alves, atual presidente da Câmara dos Deputados, “já tem demonstrado a sua correção e também a sua fidelidade”.
Segundo Hermano, o projeto nacional do PMDB pesa, uma vez que indica o atual vice-presidente da República, Michel Temer, como companheiro de chapa da presidente Dilma Rousseff (PT). “É um projeto nacional do PMDB que tem como candidato a vice Michel Temer, candidato da presidente Dilma”.
Entretanto, Hermano salienta que a insatisfação nas hostes peemedebistas se deve à atuação contra a candidatura de Henrique da parte de líderes do PT. No primeiro turno, os petistas do Rio Grande do Norte atuaram fortemente em favor da candidatura de Robinson ao governo. A aliança do PT no Estado foi com o PSD de Robinson Faria. Isso se deveu ao fato de que o PMDB rejeitou a aliança com o PT. Primeiramente descartando a candidatura de Fátima Bezerra ao Senado. Depois, descartando aliança com o próprio partido, preferindo se aliar a legendas como o DEM do senador José Agripino Maia e o próprio PSDB de Aécio Neves.
Ao justificar a não aliança com o PT no RN, Henrique disse a Lula e a Dilma e a Ruy Falcão, presidente nacional do PT, que os empresários do Rio Grande do Norte rejeitaram apoiar a deputada Fátima para o Senado. Na época, segmentos politicamente influentes do empresariado potiguar haviam se reunido em torno da indicação do ex-presidente da Federação das Indústrias (FIERN) Flavio Azevedo, com o objetivo de indicá-lo primeiro suplente da então pré-candidata ao Senado Wilma de Faria (PSB).
Neste sentido, o PMDB acatou a orientação dos empresários, dispensando a candidatura de Fátima ao Senado e do PT, apoiando a candidatura de Wilma de Faria para o Senado, o que terminou não sendo exitoso, devido à derrota de Wilma para a própria Fátima, que teve o apoio de Robinson Faria. Em função disso, o PT se engajou na campanha de Robinson. Inclusive, trazendo a participação do ex-presidente Lula na campanha do pessedista.
Neste sentido, setores do PMDB local poderão dar o troco, votando em Aécio Neves. Hermano mesmo disse hoje na Rádio Cidade que a votação de Aécio deverá ser bem maior no Rio Grande do Norte, no comparativo com o primeiro turno.
“PMDB e aliados estão unidos em torno de Henrique”
Sobre a campanha de Henrique, Hermano disse que o PMDB está forte e unido, assim como os partidos e líderes aliados. Hermano rechaçou declarações do deputado estadual reeleito Fernando Mineiro (PT), que disse que apoiadores do presidente da Câmara dos Deputados estariam migrando para a campanha de Robinson Faria (PSD) no segundo turno.
“De forma alguma. O deputado Fernando Mineiro tem todo o direito de ter a sua opinião. Mas não corresponde à verdade. O nosso candidato teve mais de 80 mil votos (na verdade, pouco mais de 78 mil) de maioria sobre o segundo colocado, e por muito pouco não se elegeu no primeiro turno. Henrique está firme e forte. O PMDB está unido, como os outros partidos”, declarou Hermano, ao ser instado a falar sobre as declarações de Mineiro. Segundo Hermano, “uma ou outra defecção é natural, como também existe o movimento contrário”, ou seja, “apoiadores que resolveram no primeiro turno apoiar o candidato adversário (Robinson) e nesse segundo turno estão apoiando o deputado Henrique”, disse, citando como exemplo o município de “Felipe Guerra e outros do Estado”.
Terceiro deputado estadual mais votado nessas eleições para a Assembleia Legislativa, com 60.813 votos, Hermano sustenta que nesse segundo turno o eleitor vai decidir a eleição assistindo aos debates e refletindo sobre o melhor para o Estado. “Esse voto não vai ser um voto da emoção. Tem que ser o voto da razão. Quem é o melhor para o Estado, aquele que poderá angariar os melhores apoios junto ao governo federal”, declarou.
Hermano disse que a coligação de Henrique aguardava vencer no primeiro turno, mas a votação estupenda de Robério Paulino (PSOL) provocou o segundo turno. Além disso, parabenizou o candidato Robinson pela expressiva votação. “A escolha democrática do povo do Rio Grande do Norte garantiu uma boa votação ao professor Robério, que terminou sendo uma peça fundamental na remessa para o segundo turno da decisão final do pleito estadual. Tivemos o nosso candidato Henrique Alves muito próximo da eleição no primeiro turno, pouco mais de dois pontos o separaram da vitória no primeiro turno. Devemos também elogiar o desempenho do segundo colocado, o ex-deputado e hoje vice-governador do Estado Robinson Faria”, disse.
Hermano frisou ainda o número bastante acentuado de votos brancos e nulos e também a ausência de muitos eleitores, devido ao feriadão que abrangeu o domingo de votação. “Esperamos que haja um melhor comparecimento nas urnas no dia 26 e que o povo no Rio Grande do Norte livremente escolha pensando no futuro deste Estado, que passa por uma fase muito difícil, uma fase de estagnação econômica, uma fase onde os serviços mais essenciais não têm funcionado a contento. Eu acredito que o candidato do nosso partido, sem nenhum demérito ao candidato adversário, reúne as melhores condições de governar o Rio Grande do Norte nos próximos quatro anos”, afirmou.
“Henrique está tranquilo quanto a denúncias da Petrobras”
Com o escândalo da Petrobras ganhando cada dia maior dimensão no país, e tendo o atual presidente da Câmara dos Deputados e candidato a governador do Rio Grande do Norte, Henrique Alves, sido citado pelo ex-diretor de Abastecimento Paulo Roberto Costa em delação premiada como um dos beneficiários do suposto esquema, Hermano Morais disse que a campanha de Henrique e o próprio candidato estão tranquilos em relação a isso. Ele diz que Henrique esperar a elucidação total do caso.
“De forma alguma (temos receio). O nosso candidato está absolutamente tranquilo”, disse Hermano, que teve oportunidade, segundo ele, logo que saíram as denúncias, de conversar com Henrique sobre o tema.
“É bom que seja apurado com toda a austeridade”, disse Hermano, justificando a citação ao nome de Henrique dada posição que o candidato a governador ocupa de presidente de um dos poderes da República.
“O nosso candidato é sempre lembrado pela posição que ocupa: a presidência da Câmara Federal, terceira maior autoridade em sucessão neste país. Além disso, é natural, como líder que é de um partido, do PMDB, o maior partido deste país, que seja lembrado. Com relação a esse assunto, Henrique se sente muito tranquilo, muito à vontade, inclusive desejando que tudo isso seja esclarecido”.
WILMA
Sobre a derrota da candidata da coligação ao Senado, Wilma de Faria (PSB), Hermano negou boatos de que o PMDB cruzou os braços. “De forma nenhuma. O PMDB, como toda a aliança, trabalhou em prol da sua candidatura, da sua eleição. Infelizmente, o resultado foi adverso e foi eleita a deputada federal Fátima Bezerra, que nós reconhecemos como uma deputada atuante e teve todo o apoio do governo federal e tem os seus méritos como deputada e saiu eleita das unas com uma escolha democrática do povo do Rio Grande do Norte”.
Segundo Hermano, o contrário disto é intriga dos adversários. Ele disse que prefeitos do PMDB votaram em Fátima por gratidão e reciprocidade eleitoral. “Mas a orientação do partido foi muito clara: em sua imensa maioria apoiou, mas não conseguimos eleger a governadora Wilma de Faria, que merece o nosso respeito e a nossa consideração”.
Jornal de Hoje

Ivan Júnior: “Não vejo mais como contribuir com o projeto de Henrique”

Nota do Prefeito de Assu Ivan Júnior (PROS):
“Ao povo do Assú e do Rio Grande do Norte
 As primeiras palavras sugerem que façamos um agradecimento de coração ao povo do Assú pelos votos depositados neste pleito nos candidatos Ricardo Motta (deputado estadual), Fábio Faria (deputado federal), Fátima Bezerra (senadora) que desde o primeiro momento eleitoral faziam parte do nosso projeto político.
Com destaque, faço um agradecimento à votação confirmada pelos meus conterrâneos ao candidato a governador Henrique Eduardo Alves (PMDB). Como se sabe, quando a campanha foi iniciada não tínhamos tomado ainda a decisão pelo candidato, o que só veio a se confirmar no desenrolar do processo. E tivemos muita alegria em ver nosso grupo político (vereadores, suplentes e demais lideranças) que, em parte, resistia a esse voto, no final, absolutamente unido. Da mesma forma, vimos às pessoas se manifestando publicamente como parte do nosso projeto de apoiar Henrique Eduardo Alves.  

Não foram poucas as pessoas que ao longo da caminhada aderiram a esse projeto e respaldaram a nossa decisão. Henrique somou em Assú 12.003 votos, ou 44,01% dos votos válidos, uma marca que o próprio candidato sabe que foi construída com valentia.


O território em Assú era dos mais áridos para o seu projeto político, do contrário, Henrique não teria buscado o engajamento do nosso grupo político na sua campanha. Bastaria o apoio do grupo do deputado George Soares, ligado politicamente ao seu vice João Maia.
 

Na campanha do primeiro turno em Assú, nem todos fizeram a sua parcela. Sei que nosso grupo fez a sua parte, apesar de no decorrer do processo ter tido de atravessar os mais diversos atropelos. Mesmo assim, superamos as divergências e esquecemos as querelas da política local, tanto que no resultado das urnas enviei os parabéns numa rádio local ao deputado estadual reeleito George Soares e, posteriormente, telefonei para o mesmo reforçando os parabéns e estendendo a palavra na direção da união, do fortalecimento e do envolvimento que deveríamos ter no segundo turno a favor da campanha do candidato Henrique Eduardo Alves.     

No entanto, fui surpreendido no final de semana com a velha guerra política que adora entrar na arena do processo sucessório de maneira antecipada, ou seja, querer pensar em uma eleição antes que a outra termine. O sentimento de mesmice invadiu a alma do deputado George Soares que depois de eleito busca evitar a nossa presença ao lado do candidato Henrique e, para isso, ele próprio não tem feito outra coisa que não seja sair apagando todas as luzes que iluminaram o caminho entre Ivan Júnior e Henrique Eduardo Alves no primeiro turno. 

Sob esse prisma, o deputado quebrou a chama cívica e apequenou-se distribuindo pela rede social ataques raivosos e ásperas palavras contra mim, num clima de plena guerra. É pena que a batalha de 2016 esteja sendo antecipada pelo deputado e receba da parte do candidato Henrique, o silêncio. 

Portanto, sinto que o debate de horizontes que traçamos para a campanha de 2014 foi quebrado, de forma que não vejo mais como contribuir no projeto de sua candidatura para o governo do Rio Grande do Norte”.

Qual o discurso de Ivan Júnior?

Quando anunciou apoio à candidatura ao Governo do Estado do presidente da Câmara dos Deputados, Henrique Alves (PMDB), o prefeito de Assu, Ivan Júnior (PROS), declarou que Henrique é o único nome capaz de resgatar o Rio Grande do Norte da situação em que se encontra.
Hoje, após aderir a Robinson, Ivan afirmou o que já tinha dito a favor de Henrique.
Qual o discurso de Ivan?
Detalhe: Os bastidores dizem que desde o primeiro turno pessoas ligadas a Ivan trabalharam por Robinson, inclusive, a maioria do seu secretariado, que também pedia votos para Fábio Faria, o Federal de Ivan.

Heitor Gregório

Elias Fernandes emite nota e diz que vai processar Robinson Faria

IMG_0332.JPG

Lagoa de Velhos/RN: Prefeitura promove ações em comemoração ao dias das crianças

No último domingo(12), dia das crianças, a prefeitura municipal de Lagoa de Velhos, através da secretaria de esportes, promoveu durante todo o dia ações em comemoração ao dia das crianças, onde houve torneio de futsal masculino, maratona e sorteio de brindes para a criançada.






























Para ver todas as imagens clique aqui

Prefeito ex-aliado de Robinson diz que Henrique é melhor para o RN

Felipe Guerra (3)
O prefeito de Felipe Guerra, Haroldo Ferreira (PROS) e eleito pelo PSD – partido do vice-governador Robinson Faria, comparou os candidatos e declarou que Henrique é o mais preparado para tirar o Rio Grande do Norte “do caos”. Henrique foi recebido pelo prefeito e milhares de pessoas no sábado (11) em maratona pela Região Oeste.
Haroldo lembrou o momento difícil pelo qual passa Felipe Guerra, citando a falta de atenção política, assegurando o voto em Henrique como solução. De acordo com ele, no segundo turno o eleitor não terá dúvida em quem votar, “é Henrique para governador ”.
De acordo com o prefeito, “vai ser o melhor para o RN e, especialmente, para Felipe Guerra. Ele é aquele mais bem preparado, em condições de governar o RN e proporcionar dias melhores. Todos aqueles que gostam e amam Felipe Guerra, têm um compromisso com seu filho, neto, avô, pai e mãe de buscar, de falar, reivindicar e mostrar a cada um da família que aquele que não votou, que Henrique é o melhor para Felipe Guerra.
A presença dos candidatos – Henrique e o vice João Maia – movimentou as ruas da cidade com milhares de pessoas ocupando as vias, passeio e praça pública. “A virada começa hoje. Porque este povo quer o melhor para o estado e o melhor é Henrique Eduardo Alves para governador e João Maia para vice-governador. O povo sabe quem está fazendo a diferença e você vai ver, no dia 26 de outubro, nas urnas, do que estou falando, dando a vitória a você. Eu tive a oportunidade de inaugurar muitos obras em nosso município, graças a emendas suas. Então temos a agradecer”, agradeceu em seu discurso.
O candidato Henrique Alves ficou emocionado com a recepção do povo e disse que cumpriu a promessa de visitar Felipe Guerra nesta reta final. “A manifestação livre e calorosa do povo de Felipe Guerra não deixa dúvidas. O povo vota 15. É Henrique governador do estado”, disse.

São Paulo do Potengi, Riachuelo, Eloi de Souza e mais quatro prefeituras do RN também abriram inscrições para concurso público

Concurso-público-em-Itabirito
Prefeitura de Boa Saúde
A Prefeitura de Boa Saúde (RN) anunciou concurso público para 139 vagas em cargos de todos os níveis de escolaridde. Os salários vão de R$ 724 a R$ 6.000. Os candidatos podem se inscrever no período de 13 de outubro a 10 de novembro pelo site www.comperve.ufrn.br. Todos os candidatos serão avaliados por meio de prova objetiva no dia 30 de novembro. O concurso terá validade de 2 anos e poderá ser prorrogado por igual período (veja o edital no site da organizadora).
Prefeitura de Riachuelo
A Prefeitura de Riachuelo (RN) divulgou edital de concurso público para 38 vagas em cargos de todos os níveis de escolaridade. A remuneração vai de R$ 724 a R$ 1.726,77. As inscrições podem ser feitas de 13 de outubro a 10 de novembro pelo site www.comperve.ufrn.br. A prova será aplicada em 30 de novembro. O concurso terá validade de 2 anos e poderá ser prorrogado pelo mesmo período (veja o edital no site da organizadora).
Prefeitura de Santa Maria
A Prefeitura de Santa Maria (RN) divulgou edital de concurso para 24 vagas em cargos de todos os níveis de escolaridade. As remunerações vão de R$ 724 a R$ 3.500. O prazo de inscrições vai de 13 de outubro a 10 de novembro pelo site www.comperve.ufrn.br. A previsão é que a prova objetiva seja aplicada em 30 de novembro (veja o edital no site da organizadora).
Prefeitura de São Paulo do Potengi
A Prefeitura de São Paulo do Potengi (RN) fará concurso para 111 vagas em cargos de níveis médio/técnico e superior. A remuneração vai de R$ 724 a R$ 2.500. As inscrições podem ser feitas pelo site www.comperve.ufrn.br entre 13 de outubro e 10 de novembro. A prova está prevista para 30 de novembro (veja o edital no site da organizadora).
Prefeitura de São Pedro
A Prefeitura de São Pedro (RN) divulgou edital de concurso público para 63 vagas em cargos de todos os níveis de escolaridade. Os salários vão de R$ 724 a R$ 2.000. As inscrições podem ser feitas no período de 13 de outubro a 10 de novembro pelo site www.comperve.ufrn.br. As provas estão previstas para 30 de novembro (veja o edital no site da organizadora).
Prefeitura de Senador Elói de Souza
A Prefeitura de Senador Elói de Souza (RN) divulgou edital de concurso para 51 vagas em cargos de níveis médio/técnico e superior. Os salários vão de R$ 724 a R$ 7.000. Os candidatos podem se inscrever pelo site www.comperve.ufrn.br entre 13 de outubro e 10 de novembro. A prova será em 30 de novembro (veja o edital no site da organizadora).
Prefeitura de Serra Caiada
A Prefeitura de Serra Caiada (RN) divulgou edital de concurso para 52 vagas em cargos de níveis médio e superior. Os salários variam de R$ 724 a R$ 6.000. As inscrições podem ser feitas pelo site www.comperve.ufrn.br entre 13 de outubro e 10 de novembro. A prova será em 30 de novembro. O concurso terá validade de 2 anos e poderá ser prorrogado por igual período(veja o edital no site da organizadora).

Governo convoca 303 para curso de formação da Polícia Civil



Nesta terça-feira (14), o Diário Oficial do Rio Grande do Norte trouxe a convocação de 303 concursados da Polícia Civil para que eles possam realizar o curso de formação. No total, são 151 candidatos ao cargo de Agente, 57 candidatos ao cargo de Escrivão e 95 candidatos ao cargo de Delegado. O concurso é referente a 2008.
A convocação dos concursados era um pleito antigo dos policiais civis do estado e foi conseguida através de decisão judicial. Na convocação, o Governo, através da Academia de Polícia Civil, explicou que houve recurso de apelação impetrado pela Procuradoria Geral do Estado contra a decisão e que, até o momento, não houve apreciação pelo Tribunal de Justiça do estado.
Além disso, o Governo também disse que a Acadepol não dispõe de dotação orçamentária para imediatamente dar cumprimento ao início do curso de formação. “Contudo, estão sendo tomadas as medidas cabíveis junto aos Órgãos da Administração Pública para a devida efetivação do cumprimento da Sentença Judicial”, disse a publicação.
Pela publicação, os concursados convocados devem realizar matrícula para o Curso de Formação, que é a 5ª etapa do concurso, comparecendo no período de 29 de outubro de 2014 a 5 de dezembro ao prédio da Academia de Polícia Civil, localizado na avenida Interventor Mário Câmara, nº 2550, Cidade da Esperança, Natal/RN.
Confira aqui a lista dos convocados.

Prefeito de Lajes denuncia perseguição política do governo por não apoiar aliado de Rosalba

7jpg
O prefeito de Lajes, Benes Leocádio, denunciou que está sendo vítima de perseguição política por parte do Governo do Estado por apoiar Henrique Alves (PMDB), candidato de oposição a Rosalba Ciarlini que venceu o primeiro turno com quase 80 mil votos de vantagem sobre o segundo colocado, conquistando mais de 50% dos votos no município.
Nesta segunda-feira (13), durante campanha de Henrique Alves e aliados em municípios da região Central – além de Lajes, visitou Pedro Avelino e Afonso Bezerra, o prefeito disse que o governo não está repassando o dinheiro – descumprindo decisão judicial – para o funcionamento do hospital e maternidade Aluízio Alves, referência na região. A dívida já chega a R$ 100 mil (R$ 50 mil mensais).
“Eu sei das brigas, intrigas e perseguições que um prefeito sofre quando não apóia o candidato do governo. Faz dois meses que o Estado deixa de cumprir o repasse ao hospital maternidade. Me ajudem a dar essa resposta, a dar o troco. O candidato do outro lado (Robinson Faria) tem apoio dessas pessoas que não querem o bem de Lajes”, afirmou Benes Leocádio, que chegou a falar com o secretário de Saúde e tinha a expectativa de regularizar a situação nesta terça-feira (14).
O prefeito disse que os adversários inventaram a mentira de que ele estava brigado com Henrique após o resultado do primeiro turno. “Eles querem confundir o eleitor com mentiras. Se dependesse de Lajes, Henrique seria eleito no primeiro turno. Mas não tem problema. Vamos dobrar essa maioria para eleger Henrique governador”, afirmou.
Em seu discurso, Henrique lamentou a postura dos adversários e disse que o povo não pode ser penalizado por questões políticas. “Esse é o retrato do governo que nós temos, mas não queremos para o Rio Grande do Norte. Não repassa dinheiro do hospital e ainda desrespeita decisão judicial”, criticou.
Sobre o apoio de Benes Leocádio, Henrique foi enfático: “Quem diz que estamos brigados só pode estar com algum problema de cabeça. Antes de aliados, somos amigos e parceiros. Os moradores de Lajes sabem o que fizemos para o município. Por isso, quero agradecer a maioria que a cidade de deu no primeiro turno.”
No município de Pedro Avelino, Henrique Alves, ao lado do prefeito Sérgio Cadó, Henrique Alves também agradeceu a votação do primeiro turno. Eu não poderia deixar de vir à cidade que me deu a maior votação, proporcionalmente, da região Central”, disse. Em Afonso Bezerra, ele participou de uma carreata pelas ruas do município e encerrou com um comício.

Unicef capacita 148 cidades do RN

download
O Fundo das Nações Unidas para a Infância (Unicef)  realiza de hoje até o dia 16 de outubro o 3º. Ciclo de Capacitação com os municípios inscritos na Edição 2013 – 2016 do Selo Unicef. Estão inscritos nesta edição do Selo 148 dos 167 municípios do Estado.
Para a capacitação foram convidados três representantes de cada municípios, sendo eles o articulador do Selo (pessoa que coordena as ações do Selo Unicef no município) e um casal de adolescentes. Os municípios foram divididos em grupos e cada grupo participará de um dia de capacitação.
Essa etapa terá uma metodologia dinâmica e participativa do Jogo Se Liga que aborda a temática do Uso Seguro e Eficiente da Energia com jogos e dinâmicas para os articuladores municipais do Selo e adolescentes representantes do Núcleo de Cidadania dos Adolescentes – NUCA, contribuindo para a realização de ações estratégicas de participação social.
Outro tema que será tratado é a ação estratégica que propõe a implementação de atividades de proteção às crianças e adolescentes antes, durante e após desastres. Esta nova etapa da capacitação é resultado de uma parceria entre o Unicef e a Cosern, empresa do Grupo Neoenergia, no âmbito do programa de Eficiência Energética, regulado pela ANEEL. Na edição 2009-2012, 46 cidades potiguares conquistaram o Selo Município Aprovado do Unicef.
Serviço
Capacitação do Selo Unicef
Local: Clube Atlântico (Av. Alm. Alexandrino de Alencar, 517)
Horário: das 8h às 17h