sábado, 18 de abril de 2015

Lagoa de Velhos/RN: Grupo do Brega estará no Bar do Valderí neste domingo(19)


É neste domingo(19), no Bar do Valderí, na comunidade de Bom Descanso em Lagoa de Velhos, a partir das 13 horas, uma grande forroresta, a animação ficara por conta do Grupo do Brega.
Você não pode perder, vá e leve sua família.

Lagoa de Velhos/RN: Emenda propõe reeleição para presidência da câmara



Na noite da última sexta(17), foi colocada em votação na Câmara Municipal de Lagoa de Velhos uma emenda, onde propõe que seja implantada a reeleição para presidência da casa.
Vale salientar que no início da gestão legislativa foi feito uma eleição, onde ficou definido os quatro presidentes e cada um tiraria um ano de mandato, sendo que devido a morte precoce do edil Sérgio Joaquim, o último ano ficou em aberto, levando o atual presidente da casa Ivanaldo Lotério, colocar em votação essa emenda, propondo a implantação da reeleição.
Durante sua fala o vereador Eilson Mafra questionou a legalidade da emenda, levando em consideração que no início da legislatura houve uma eleição onde ficou definido que cada um dos eleitos tiraria um ano de mandato, o mesmo declara a emenda inconstitucional.

Robinson não acredita que Henrique punirá o RN por ter sido derrotado nas urnas

78o67o433

O governador do Rio Grande do Norte, Robinson Faria (PSD), disse esperar ter uma boa parceria com o ministro do Turismo, seu adversário na eleição passada, Henrique Eduardo Alves (PMDB).  Em entrevista aos jornalistas Marcos Aurélio de Sá, Túlio Lemos e Enio Sinedino, no Jornal das Seis, da FM 96, nesta quinta(16), o governador avaliou a nomeação do novo ministro e abordou outros temas.

Robinson, que tem priorizado o segmento do turismo, afirmou que tem projetos que necessitam de parceria com o governo federal e disse que irá procurar o novo ministro para tratar de assuntos de interesse do RN. “Não fui a sua posse, mas temos projetos para levar ao novo ministro. E, sendo norte-rio-grandense, não será porque disputou com Robinson que Henrique deixará de ajudar seu Estado. E também será cobrado pela população como ministro do Turismo para que traga coisas boas para o RN”, disse Robinson.

Matéria na integra O jornal de hoje

sexta-feira, 17 de abril de 2015

Lagoa de Velhos/RN: Venha fazer sua carteira de estudante conosco


Comunicamos a toda população Lagoense, que estaremos nos dias 23 e 24 de Abril, quinta e sexta da próxima semana nas escolas municipais e estadual de Lagoa de Velhos, oferecendo o serviço de confecção de Carteira de Estudante, ao preço de R$20,00, já com o selo do transpasse incluso.
Para maiores informações entrar em contato com Targino Júnior pelo fone 8711-7713 ou pelo face.

Lagoa de Velhos/RN: Município intensifica combate à dengue


Devido ao número dos casos de dengue em Lagoa de Velhos, a Secretaria Municipal de Saúde solicitou à 5ª Unidade de Saúde Pública (Ursap) o carro fumacê para ajudar no combate ao Aedes Aegypti, mosquito transmissor da dengue e febre chikungunya.

De janeiro até meados de abril, a coordenadora de epidemiologia do município, Tatiana Nagano, informou que foram notificados 65 casos de dengue, sendo sete confirmados e quatro descartados. Os outros aguardam resultado das sorologias enviadas ao Laboratório Central (Lacen) que pode demorar até 60 dias para chegar visto o grande número de exames realizados em todo o estado.

“É importante procurar o serviço de saúde para coletarmos a amostra de sangue e fazermos a sorologia que é o exame que detecta a doença”, disse a enfermeira.


Nos últimos dias várias pessoas relataram através das redes sociais e na unidade de saúde o aparecimento de manchas vermelhas pelo corpo, dores nas articulações e dor de cabeça, entre outros sintomas. Para fazer o exame para saber se está com dengue o paciente deve procurar a Unidade Mista de Saúde Genoveva Ferreira da Silva a partir do 5º dia do início dos sintomas, enquanto que o exame para Chikugunya somente a partir do 20º dia.

Infelizmente a situação está crítica não apenas em nosso município, o próprio secretário estadual de saúde, Ricardo Lagreca, decretou epidemia de dengue no RN. Com o decreto, em função do aumento significativo no número de notificações no RN, o secretário Lagreca disse que a Secretaria de Estado da Saúde Pública (Sesap), intensificará as ações de combate à doença. A subcoordenadora de Vigilância Epidemiológica divulgou a nota técnica nº 02/2015 em que explica aos profissionais de saúde como devem proceder visto que os sintomas das duas doenças são bem parecidos.

Mas o trabalho mais eficaz no combate à dengue é combater os focos de acúmulo de água, locais propícios para a criação do mosquito transmissor da doença. Para isso, é importante lembrar de não acumular água em latas, tonéis, pneus, vasos de plantas, jarros de flores, garrafas e caixas d'água.

Tesouro refaz previsão e FPM terá queda em abril



Sabe aquela previsão, lá atrás, de que em abril o Fundo de Participação dos Município teria um aumento de 12% em relação a março?
Março, que já havia caído quase 30% em relação a fevereiro?
Pois bem!
O Tesouro Nacional divulgou na manhã desta sexta-feira (17) a estimativa de repasse para o trimestre abril/maio/junho.
Em abril, em vez dos 12%, uma ligeira queda de 0,7%.
Na ponta do lápis, repasse de R$ 525 mil para os pequenos municípios do Rio Grande do Norte.
Valor bruto, sem os descontos da Educação (20%), da Saúde (15%) e do Pasep (1%).
Em maio dá uma recuperada, em função do prazo final para pagamento da cota única ou da 1ª parcela do Imposto de Renda e em junho volta a cair.
O Boletim do Tesouro Nacional não esclarece se a queda de 21% nos repasses de junho já leva em conta aquele 0,5% a mais no rateio do dinheiro do Fundo de Participação, aprovado no Congresso.
O Fundo de Participação, que é compartilhado com os governos estaduais e prefeituras, é formado por dois tributos: Imposto da Renda e Imposto sobre Produtos Industrializados.
Com a indústria em crise e as montadoras de automóveis dando férias coletivas, a arrecadação do IPI caiu consideravelmente do final do ano passado para cá.
As sucessivas quedas no FPM reforçam a luta de prefeitos pela aprovação de um novo pacto federativo.
ESTIMATIVA TRIMESTRAL
Abril (-0,7%)
Maio (+44%)
Junho (-21%)
Por Vicente Neto

Governo propõe salário mínimo de R$ 854 para 2016 a partir de janeiro

ytiktyewww
O governo federal propôs nesta tarde de quarta-feira um aumento do salário-mínimo dos atuais 788 reais para 854 reais a partir de janeiro de 2016. Iso significa uma elevação de 8,37% no ano que vem no salário que serve de referência para mais de 46 milhões de pessoas no Brasil. A informação consta da proposta da Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO), divulgada nesta quarta-feira pelo Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão. O documento está sendo enviado nesta quarta-feira ao Congresso Nacional.
Contas públicas - A proposta da LDO enviada nesta quarta ao Congresso também fixou em 126,73 bilhões de reais a meta de superávit primário do setor público consolidado para 2016, equivalente a 2% do Produto Interno Bruto (PIB), informou o Ministério do Planejamento nesta quarta-feira. Em 2015, a meta é de 1,2% do PIB.
De forma desagregada, o governo central (Tesouro Nacional, Previdência Social e Banco Central) será responsável por uma meta de superávit 104,55 bilhões de reais (1,65% do PIB) e os Estados e municípios, por 22,18 bilhões de reais (0,35% do PIB).
Jornal de Hoje

‘Temos conhecimento do Brasil’, diz Henrique Alves, novo ministro do Turismo

henrique microO ex-deputado federal Henrique Eduardo Alves (PMDB) assume o Ministério do Turismo com o compromisso de “criar uma agenda econômica para o Nordeste e para o Brasil”. Ele foi nomeado pela presidente Dilma Rousseff nesta quarta-feira (15).
“Vou iniciar com muita humildade porque minha experiência recomenda isso. Quero conhecer o trabalho desenvolvido pelo atual ministro, Vinicius Lages, conhecer os projetos do mMinistério, os planejamentos já programados e pouco a pouco dar o nosso toque com a nossa experiência, com o nosso conhecimento do Brasil”, disse Henrique Alves.
A posse do novo ministro acontece nesta quinta-feira (16), às 16h, em Brasília.

Felipe Maia presente na transmissão de cargo de Henrique Alves

Posse Henrique por Mariana Di Pietro
A transmissão de cargo do novo ministro do Turismo, Henrique Eduardo Alves, contou com a presença de grande parte da bancada do Rio Grande do Norte. Na cerimônia, que ocorreu na tarde desta quarta-feira (15), na sede do Ministério, o deputado Felipe Maia (DEM) ressaltou a experiência do novo integrante da Pasta para garantir o desenvolvimento do setor.
“Henrique Alves é um homem público de larga experiência e que vai contribuir enormemente para administrar o Turismo do nosso país. Essa é uma das maiores atividades econômicas do Brasil e a mola propulsora do desenvolvimento do Rio Grande do Norte, pois é um grande gerador de emprego e renda no estado. Certamente que o novo ministro terá muito trabalho pela frente e muita dificuldade em virtude do contingenciamento de recursos do governo federal. Mas Henrique tem a convicção de que o desenvolvimento do país passa, sim, pelo investimento no turismo e vai promover o crescimento do setor”, disse o deputado democrata.
Ainda estiveram presentes os senadores potiguares José Agripino Maia e Garibaldi Alves e os deputados Walter Alves, Rafael Mota e Antônio Jácome.

Agripino prestigia posse de Henrique no ministério do Turismo

agripino-posse-henrique (1)
O presidente nacional do Democratas, senador José Agripino, deixou de lado as questões partidárias, já que é oposição em nível nacional ao governo federal aliado do PMDB, e foi prestigiar o conterrâneo Henrique Alves que tomou posse como ministro do Turismo nesta quinta-feira (16). Agripino foi à solenidade de transmissão do cargo na sede do ministério do Turismo, após a cerimônia no Palácio do Planalto.
Para Agripino, a nomeação do potiguar Henrique Alves à frente da pasta do turismo pode significar um novo tempo para a atividade no Rio Grande do Norte e no Brasil. “A presença de Henrique no ministério avaliza a retomada da indústria do turismo como trunfo da economia potiguar. Com a sua capacidade de superar dificuldades e sua vontade de fazer, tenho certeza de que o turismo vai ajudar o Brasil a voltar a crescer”, ressaltou.

quinta-feira, 16 de abril de 2015

COSERN vai interromper fornecimento de energia eletrica neste domingo (19) em Lagoa de Velhos e mais 27 municipios da Região


A companhia Energética do Rio Grande do Norte, COSERN, informa que a companhia Hidro elétrica do São Francisco (CHIESF), ira realizar trabalhos de ampliação, melhoramento e de manutenção na sua rede, procederá a interrupção no fornecimento de energia eletrica afetando aos clientes da COSERN.


Essa interrupção acontecerá neste domingo , dia 19, no horário das 5h as 5h15 (Manhã), e das 16h45 as 17h00.

A interrupção deverá ocorrer em Sitio Novo/RN e em outras 27 cidades da Região, Confira as cidades:

Barcelona, Boa Saude, Bom Jesus, Caiçara do Rios dos Ventos, Campo Redondo, Coronel Ezequiel, Ielmo Marinho, Japi, Jardim de Angicos, Lages Pintadas, Lagoa de Velhos, Monte das Gameleiras, Passa e Fica, Riachuelo, Rui Barbosa, Santa Cruz, Santa Maria, São bento do Trairi, São José do Campestre, São Paulo do Potengi, São pedro, São Tomé, Senador Eloi de Souza, Serra Caiada, Serra de São Bento, Sitio Novo, Serrinha e Santo Antônio do Salto da Onça.

A COSERN avisa que caso o serviço seja concluído antes do horário previsto, a rede será energizada sem qualquer aviso.

Ida de Alves para Turismo é 'orgulho' para bancada do PMDB, diz Cunha


O presidente da Câmara dos Deputados, Eduardo Cunha (PMDB-RJ) afirmou nesta quinta-feira (16) após participar de cerimônia do Dia do Exército em Brasília que a ida do ex-deputado Henrique Eduardo Alves (PMDB-RN) para o Ministério do Turismo é “orgulho” para a bancada do PMDB na Casa.
Alves foi anunciado novo ministro da pasta nesta quarta (15). Ele substituirá Vinícius Lages – afilhado político do presidente do Senado, Renan Calheiros (PMDB-AL) – no comando do ministério e tomará posse em cerimônia no Palácio do Planalto na tarde desta quinta.
A negociação em torno da ida de Alves para a pasta envolveu a presidente Dilma Rousseff, o vice-presidente, Michel Temer, e o PMDB. Temer chegou a afirmar que "certamente" Alves iria ocupar uma vaga no Ministério de Dilma. No entanto, como o Ministério do Turismo era comandado por um afilhado político de Renan, a troca poderia desagradar o presidente do Senado. 
“Ele [Alves] é um grande quadro da bancada do PMDB e do PMDB como um todo, até porque foi presidente da Câmara, foi deputado por 44 anos. É um quadro excepcional. Então, para nós, para a bancada do PMDB e para o PMDB, é sempre uma honra, um orgulho ter o Henrique [como ministro]”, disse Cunha.

“E é um orgulho para qualquer governo ter o Henrique em seu ministério”, acrescentou o presidente da Câmara.

Segundo o Data Folha para presidente: Aécio tem 33% e Lula, 29%

lula_aecio


Pesquisa do Instituto Datafolha, divulgada neste sábado, aponta que devido ao escândalo da Petrobras, 63% dos brasileiros, apoiam a abertura do processo de impeachment contra a presidenta Dilma. Mostra também que 64% dos entrevistados não acreditam no afastamento de Dilma, em razão da Operação Lava Jato, sendo que 75%  dos brasileiros concordam com os protestos contra a Chefe do Executivo Nacional.


O Instituto, que ouviu 2.834 eleitores em 171 municípios brasileiros nos dias 9 e 10 de abril, também perguntou: caso ocorra uma nova eleição em quem você votaria?

Aécio: 33%
Lula: 29%
Marina: 13%
Joaquim Barbosa: 13%
Outros: 9%
Não sabe: 33%

Henrique Alves é empossado como ministro do Turismo


O ex-deputado federal norteriograndense Henrique Eduardo Alves assumiu o Ministério do Turismo na tarde desta quinta-feira (16) em Brasília. Henrique assume o lugar deixado por Vinícius Lage, que ficou pouco mais de um ano no cargo. O anúncio foi feito na noite de ontem, em nota do Palácio do Planalto.

Na posse de Henrique Eduardo Alves como ministro do Turismo, a presidenta Dilma Rousseff destacou os investimentos no setor e falou do desafio do país com as Olimpíadas e Paralimpíadas de 2016, que acontecerão no Rio de Janeiro. "Sua presença no governo reforça nossa capacidade administrativa e nossa ação política na área do Turismo. Henrique chega ao Ministério do Turismo com vários desafios. Com os jogos, estaremos novamente na rota do esporte mundia", disse.

A presidente ainda afirmou que o setor ainda tem espaço para crescer e que pode impulsionar o crescimento da economia brasileira. "O Brasil tem tudo para ser um dos maiores destinos do mundo e tudo para ser o principal turismo de seu próprio povo. "Eu tenho a absoluta certeza que o ministro Henrique Alves vai ajudar a desenvolver o turismo brasileiro", afirmou Dilma.


Tribuna do Norte

quarta-feira, 15 de abril de 2015

Após denúncia da Folha, Aécio diz ver motivo ‘extremamente forte’ para impeachment de Dilma


images

O presidente do PSDB, o senador Aécio Neves (MG) afirmou nesta terça (14) que a denúncia revelada pela Folha de S.Paulo de que a CGU (Controladoria Geral da União), diante de provas de corrupção envolvendo SBM Offshore e a Petrobras, adiou a abertura de processo para depois da reeleição da presidente Dilma Rousseff, é motivo capaz de provocar um pedido de impeachment da petista.
“É a utilização do Estado em busca de um projeto de poder. Certamente é um motivo extremamente forte [para o pedido de impeachment]”, afirmou.
O tucano disse que a CPI da Petrobras deve aprovar a formação de uma comitiva de cinco deputados, alguns da oposição, para viajarem à Europa com o objetivo de investigarem pessoalmente a denúncia. O grupo pretende conversar com o ex-diretor da SBM Jonathan David Taylor, que disse à Folha de S.Paulo que prestou depoimento e entregou mil páginas de documentos internos da empresa à CGU (Controladoria-Geral da União) entre agosto e outubro de 2014.
O órgão só anunciou a abertura de processo contra a SBM em 12 de novembro, 17 dias após o segundo turno da eleição presidencial.
O tucano recebeu nesta terça representantes do movimento “Vem para a Rua” e declarou apoio às reivindicações dos manifestantes que foram protestar contra o governo nos dias 15 de março e no último domingo (12). Numa mudança de tom, Aécio disse que a defesa do impeachment “não é golpe” e que podem haver motivos para a abertura de um processo de investigação contra a petista.
“Impeachment não é uma palavra proibida. Impeachment não é golpe, é constitucional”, afirmou o senador.
Aécio vinha evitando falar em impeachment da presidente Dilma, mas parte dos integrantes do PSDB são favoráveis à abertura de investigação contra a petista. Como o afastamento de Dilma é uma das pautas das manifestações de rua, Aécio disse que o PSDB pediu ao jurista Miguel Reale Jr. um estudo das denúncias que já surgiram contra a presidente -para verificar se há elementos para o impedimento.
“O doutor Miguel Reale está avaliando todas essas denúncias que se sucedem, uma mais grave que a outra, para ver se há caracterizado neste momento um crime de responsabilidade. Não é ainda a posição do PSDB, mas temos a obrigação de avaliar todas as alternativas”, disse o tucano.
CONVITE
O Vem pra Rua entregou a Aécio convite para um ato público que será realizado nesta quarta (15) na Praça dos Três Poderes, em Brasília, em que será lida a “Carta do Povo Brasileiro”.
No documento, os movimentos contrários ao governo listam reivindicações que serão entregues ao Congresso. O presidente do PSDB não deve participar do ato público, mas prometeu receber os manifestantes no Congresso para dialogar com o “Vem para a Rua” daqui para frente. A carta será protocolada pelos representantes dos movimentos na Câmara e no Senado.
“Quanto mais da sociedade foram os movimentos, mais legítimos eles serão. Por isso, minha posição de não participar [dos protestos] no primeiro momento. Mas os movimentos estão vindo ao Congresso. Vai haver uma convergência grande. Os movimentos querem o que nós queremos”, disse Aécio.
Representante do “Vem para Rua”, Luciano Vilela disse que a carta vai reunir um “extrato” das manifestações realizadas no país, com os principais pontos de reivindicação ao Congresso -entre eles, a reforma política.
“Pedimos o apoio dos deputados e senadores na leitura desta carta. Todos são bem-vindos”, disse. Apesar do chamado, os manifestantes admitem que a maior adesão às reivindicações será de políticos da oposição.

Folha Press