quarta-feira, 19 de fevereiro de 2014

Polícia Paraibana diz que carga com 100 kg de maconha foi do RN para a Paraíba

Os quatro suspeitos foram pegos em flagrante descarregamento a droga em João Pessoa (Foto: André Resende/G1)
Os quase 100 kg de maconha apreendidos pela Polícia Civil da Paraíba na madrugada desta quarta-feira (19) em João Pessoa foram trazidos por três pessoas da cidade de Parnamirim, no Rio Grande do Norte. De acordo com o delegado de Repressão a Entorpecentes (DRE), Allan Murilo Terruel, a prisão dos suspeitos e a apreensão da droga ocorreu após uma troca de informações entre as polícias da Paraíba e do Rio Grande do Norte. 
A operação que resultou na prisão de quatro pessoas e apreensão de dois adolescentes, além da captura da droga, foi realizada na comunidade Paulo Afonso, no bairro de Jaguaribe na capital paraibana. Os tabletes de maconha foram apreendidos pela polícia no momento em que eram retirados do carro que realizou o transporte entre os dois estados e colocados dentro de uma residência na comunidade. 
O delegado titular da DRE da Região Metropolitana de João Pessoa ressaltou que a maconha apreendida seria distribuídas para outros pontos de venda de droga na Grande João Pessoa. “A casa serviria apenas como um depósito momentâneo, para que posteriormente o material fosse espalhado por João Pessoa, Santa Rita e Bayeux”, comentou Terruel. 
Dentre os presos, duas jovens de 18 anos e um homem de 27 anos foram apontados pela polícia como os responsáveis pelo carregamento e transporte dos entorpecentes de Parnamirim para João Pessoa. O quarto preso, um homem de 47 anos, é o proprietário da casa que seria usada como depósito para a droga. Por sua vez, os dois adolescentes apreendidos na operação da DRE atuaram no descarregamento das drogas e na proteção do local. “As duas jovens inclusive tiveram contato com os responsáveis por enviar a droga para a Paraíba”, completou o delegado. 
Um sétimo suspeito foi detido, encaminhado para delegacia e liberado após prestar depoimento, segundo Allan Terruel. Os quatro presos vão responder pelos crimes de tráfico de drogas, associação para o tráfico e corrupção de menores. “O motorista dessa movimentação é foragido do sistema semiaberto e estava usando uma identidade falsificada. Além dos crimes apontados em conjunto, ele deve responder por uso de documento falso”, relatou o titular da Delegacia de Repressão a Entorpecentes. 
Os adolescentes apreendidos foram encaminhados para Delegacia da Infância e da Juventude. Os quatro presos serão encaminhados para presídios de João Pessoa ainda nesta quarta-feira, segundo a polícia. “Gostaria de reforçar que foi de fundamental importância a colaboração da polícia do Rio Grande do Norte, que conseguiu acompanhar a movimentação por meio de mensagens de um aplicativo de celular”, finalizou Terruel.


Fonte: G1 PB

Nenhum comentário: