terça-feira, 27 de maio de 2014

PMs e bombeiros suspendem paralisação após proposta do Governo

Em reunião realizada da tarde desta segunda-feira (26), os Policiais Militares e Corpo de Bombeiros decidiram pela suspensão da greve de 24 horas prevista para acontecer nesta terça-feira (27). O Governo do Estado ofereceu reajuste salarial de 32% aos militares e este será dividido em quatro parcelas: a primeira prevista para setembro deste ano, a segunda para março de 2015, a terceira para setembro de 2015 e a última parcela para março de 2016. A condição do Executivo para a concretização do reajuste foi a suspensão da greve pela categoria.
Apesar de suspenderem a paralisação das atividades, os PMs e bombeiros continuarão acampados em frente ao Centro Administrativo, em Lagoa Nova, até que o Governo encaminhe o novo acordo de reajuste salarial à Assembleia Legislativa.
O encontro começou às 16h30 e reuniu o secretário estadual de Segurança Pública, Eliéses Girão, o comandante geral da PM, coronel Francisco Araújo, o secretário de Planejamento e Finanças, Obery Rodrigues, além de outros representantes da administração estadual e da Associação de Subtenentes e Sargentos Policiais Militares e Bombeiros do RN (ASSPMBM/RN).
Mesmo estando com a petição pronta, o Governo do Estado não entrará com ação na Justiça contra a greve dos militares já que houve acordo na reunião.
Tribuna do Norte

Nenhum comentário: