terça-feira, 10 de junho de 2014

Assembleia bem politizada nesta terça-feira (10)

 
Tudo por causa da desistência da deputada estadual Gesane Marinho (PSD), disputar a reeleição, alegando falta de apoio do seu partido, o PSD, culminando no rompimento com o vice-governador Robinson Faria, pré-candidato ao Governo do Estado.
O deputado Nelter Queiroz (PMDB) fez pronunciamento se solidarizando com a colega Gesane. “Ela é um jovem parlamentar atuante, determinada, com um largo trabalho social. Sem dúvidas fará muito falta a nossa Casa Legislativa”, afirmou o peemedebista.
Nelter recebeu apartes dos deputados Márcia Maia (PSB), Raimundo Fernandes (PROS), George Soares (PR), Gustavo Carvalho (PROS), Vivaldo Costa (PROS), Ezequiel Ferreira (PMDB), Fábio Dantas (PCdoB) e Getúlio Rêgo (DEM).
Após o pronunciamento de Nelter, o deputado José Dias (PSD) pediu uma questão de ordem e atirou pedras no sobrinho-afim Henrique Alves, pré-candidato ao Governo do Estado pelo PMDB. “O candidato do acordão é sobrinho da minha mulher, não respeita nem a família e é um desrespeito a política do Brasil. Se ele não pode comprar, ameaça”, disse Dias que ainda continuou: “Se o acordão ganhar o Rio Grande do Norte vai para o inferno”.
Por fim, Nelter sugeriu suco de maracujá ao deputado para acalmar os ânimos exaltados.
Por Heitor Gregorio

Nenhum comentário: