terça-feira, 24 de junho de 2014

Doze dias, 120 mil turistas, um protesto e quatro jogos. Copa do Mundo acaba em Natal

Viaduto-da-BR-JA-1024x677O sonho virou realidade, mas chegou ao fim. Nesta terça-feira (24), Natal, escolhida pela FIFA como uma das 12 cidades-sede da Copa do Mundo do Brasil, encerra sua participação em uma das competições esportivas mais importantes do planeta. A última partida no estádio Arena das Dunas, realizada entre as seleções da Itália e do Uruguai, marca o final de um grande momento que a capital potiguar vivenciou, em meio à presença de milhares de turistas e autoridades do Brasil e do mundo.
O último jogo do Arena das Dunas teve todos os ingressos esgotados há semanas. O caráter decisivo da partida para ambas as seleções não envolveu apenas os jogadores, comissões técnicas e torcedores dos times, mas também milhares de potiguares, que se colocaram de plantão no site da FIFA diariamente na busca de uma oportunidade para acompanhar o jogo presencialmente. Quem também fez questão de marcar presença no estádio nesta terça-feira foi presidente da FIFA, Joseph Blatter.
Até os turistas mexicanos, que estiveram em peso em Natal no dia 13 de junho para prestigiar a seleção do México contra a de Camarões, decidiram voltar para a cidade, aumentando o público diversificado do estádio para o jogo da Itália e Uruguai. De acordo com informações da Polícia Rodoviária Federal (PRF), 75 ônibus foram escoltados de Recife até a capital potiguar na manhã de hoje, trazendo cerca de dois mil mexicanos.
A PRF é a responsável pela escolta dos ônibus no trajeto de Recife – Natal – Recife, situação pensada para garantir a segurança dos turistas mexicanos e evitar possíveis transtornos na rodovia entre as duas cidades. Após a realização do último jogo no estádio Arena das Dunas, os ônibus retornam para Recife com os mexicanos.
De acordo com informações do Ministério do Turismo (MTur), a capital potiguar chegou a receber uma média de 170 mil turistas durante esse período da Copa do Mundo, considerando o turismo internacional, nacional e regional. Só no jogo dos Estados Unidos em Natal, a capital do Rio Grande do Norte recebeu 20 mil americanos com ingressos em mãos de forma antecipada.
Fonte: Jornal de Hoje.

Nenhum comentário: