terça-feira, 3 de junho de 2014

Ex-prefeito Reginaldo Luciano nega que tenha mordido vereador em Felipe Guerra


ÍndiceO ex-vereador e ex-prefeito interino Reginaldo Luciano da Costa (foto à Esq.), de Felipe Guerra, em texto enviado ao Blog Santana Notícias, negou que tenha mordida o vereador Ubiracy Pascoal (Direita), do PR, durante uma briga que ele admite ter acontecido ás 11h desta segunda-feira, 2, em frente a Câmara Municipal de Felipe Guerra.
Veja mais…
Vereador Ubiracy Pascoal acusa ex prefeito de morder sua testa
“Não mordi esse cidadão, apenas me defendi como qualquer outro se defenderia”, diz o ex-vereador e ex-prefeito interino Reginaldo Luciano da Costa.
“Na verdade, esse elemento apesar de ser parente meu, ele nunca aceitou a minha popularidade junto ao povo de Felipe Guerra/RN, pois sempre busquei defender os interesses da coletividade, trabalhando com humildade e respeito para com o próximo, nunca agi de forma obscura, sempre fui claro em minhas colocações e posicionamentos”, escreveu.
Continua: “No que diz respeito, ao ocorrido no dia de hoje, quero esclarecer o seguinte: a muito que esse rapaz vem criando problemas comigo, inclusive quando assumi interinamente como prefeito, o mesmo chegou a usar veículos de comunicação para dizer que o então prefeito interino Pedro Cabral, teria deixado em caixa mais de R$ 700.000,00, e não sabia o que eu teria feito com esse dinheiro, fato esse que comuniquei ao Ministério Público, na pessoa do Dr. Silvio Brito”, acrescenta.
Reginaldo Luciano diz que Ubiracy o persegue, sempre busca prejudicá-lo. “Foi quando fui ao seu encontro para uma conversar amistosa, e ele de imediato foi logo me agredindo com palavras e pegando um capacete que estava em cima de seu carro e foi logo me agredindo, então me defendi, não o ataquei de forma violenta como o mesmo tenta repassar para as pessoas, Felipe Guerra, sabe que isso é uma caracteristica dele, fazer as coisas para prejudicar as pessoas e depois se fazer de vitima”, acusa.
Ex-prefeito interino nega que tenha feito ameaças: “Quero deixar claro também, que não o ameacei de morte e muito menos jurei de dar dois tiros, não sou homem de fazer ameaças a seu ninguém, sou uma pessoa que gosto de me defender de pessoas como ele é”, diz.
Fonte: Jornal de Fato.

Nenhum comentário: