segunda-feira, 21 de julho de 2014

85% dos homicídios no RN foram vítimas de armas de fogos

homicidioJornal de Hoje – De acordo com dados de Ivênio Hermes, especialista em Políticas e Gestão em Segurança Pública e pesquisador nas áreas de Criminologia, Direitos Humanos, Direito e Ensino Policial, dessas mil mortes intencionais, 85% foram vítimas de arma de fogo, 8,3% de arma branca, 1,4% de algum tipo de ação contundente, que são objetos capazes de agir traumaticamente sobre o corpo humano, como pedras, paus, barras de ferro e taco de basebol. Em 2,2% dos casos as vítimas sofreram espancamento e na mesma proporção foram utilizados métodos diferenciados para causar a morte.
Em apenas 0,3% dos casos não houve qualquer meio de identificação do gênero da vítima, no restante, 93,1% dos homicídios foram contra homens e 6,6% contra mulheres. As vítimas abaixo de 15 anos totalizaram 1,8% das ocorrências e aquelas sem idade identificada chegaram a 6,6% dos casos. Foram 59,3% de pessoas pertencentes à faixa etária compreendida entre 15 e 29 anos, as acima dessa faixa 32,3%, ou seja, 61,1% pertenciam à população jovem do estado.
No Agreste Potiguar foram 7% de jovens menores de 29 anos de idade que perderam a vida de forma violenta intencional. Na Central Potiguar esse total chega a 5% e na Oeste outros 25%, ficando a maior parte das vítimas, 63% delas, para região mais perigosa do Rio Grande do Norte, o Leste Potiguar, justamente por abrigar a maior parte dos municípios pertencentes à Região Metropolitana de Natal.

Nenhum comentário: