sábado, 5 de julho de 2014

Neymar deixa Granja de helicóptero, se desliga da seleção e viaja para casa

NEYMARNeymar deixou a Granja Comary no início da tarde deste sábado de helicóptero. A aeronave chegou ao local às 12h30, mas deixou a concentração da seleção por volta das 13h55. Foi o desligamento oficial da seleção brasileira. Na despedida, o camisa 10 do time estava de boné e com uma aparência melhor do que a de sexta à noite, após o trauma na partida contra a Colômbia, válida pelas quartas de final.
Deitado em uma maca, dentro do helicóptero, o jogador acenou para os presentes e para os fotógrafos que registravam a cena, dando um adeus e levantando o polegar para cima.
Segundo a CBF, a sua vinda de Fortaleza para Teresópolis na sexta de madrugada obedeceu a uma orientação médica. Era necessário acompanhamento nas primeiras horas após a constatação da fratura na vértebra.
Neymar foi levado de ambulância dos dormitórios da Granja até o campo de treinamento número 3, onde o helicóptero pousou. O destino, agora, é a casa do atleta, na praia de Pernambuco, no Guarujá. Informação divulgada pelos canais ESPN e também SporTV.
Por volta das 13h20, os dirigentes José Maria Marin e Marco Polo Del Nero, presidente e vice da CBF, respectivamente, também chegaram à Granja e acompanharam o deslocamento de Neymar no helicóptero.
Neymar havia manifestado desejo de continuar com o grupo, mas a recomendação médica de repouso absoluto o convenceu de deixar a concentração. A tendência é que o jogador passe alguns dias com os familiares em sua casa no Jardim Acapulco, no Guarujá.
O médico da seleção brasileira, José Luiz Runco, determinou que o jogador passe por um período de descanso. Também será necessário o uso de uma cinta na coluna pelos próximos 15 dias.
O retorno do jogador à Granja Comary não está descartado, caso o Brasil passe pela Alemanha na semifinal. A presença de Neymar para incentivar os companheiros, porém, passa por uma melhora em seu quadro clínico.
Neymar foi dormir por volta das 6h da manhã. Acompanhado do pai, teve dificuldade para pegar no sono devido às dores. Ele chegou na concentração da seleção às 3h10, em uma ambulância, atrás do ônibus da delegação.
O médico José Luis Runco concederá entrevista coletiva neste sábado para falar sobre a situação de Neymar, a partir de 16h, mesmo horário do treino de jogadores que não atuaram contra a Colômbia.
Fonte: UOL.

Nenhum comentário: