sábado, 17 de janeiro de 2015

Candidato inclui hino do Flamengo na redação do Enem e tira nota 660

flamengo
elias
Uma homenagem ao time do coração e, ao mesmo tempo, uma forma de testar os avaliadores do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem). São os argumentos que o estudante Francisco Elias da Silva, de 26 anos, diz ter usado para citar o hino do Flamengo em sua redação, que obteve nota 660 no resultado divulgado na última terça-feira (13). O flamenguista é morador de Alto do Rodrigues e estuda Informática em Ipanguaçu, cidades da região Oeste do Rio Grande do Norte.
Elias teria aproveitado o hino do Flamengo para contextualizar o texto sobre publicidade infantil, tema da redação do Enem deste ano. O estudante reproduziu o rascunho do texto na internet, uma vez que as redações ainda não foram divulgadas. “Quis deixá-los sem brechas para ver se me davam nota boa ou ruim mediante o que fiz, para sabermos o critério que o Enem utiliza”, explica o estudante.
No entanto, Elias não foi o primeiro a usar o hino de um clube de futebol na redação do Enem. Em 2013, um candidato incluiu o hino do Palmeiras no texto. Depois dessa e de outras brincadeiras na avaliação, o Ministério da Educação prometeu endurecer as regras da redação e anular textos que desviassem propositadamente do tema com deboches.
O próprio Elias se sentiu prejudicado na prova de 2013, um dos motivos que o levaram a usar o hino do Flamengo. “Foi o melhor texto que já fiz. Era sobre bebida alcoólica e trânsito. Acabei tirando 560 e me senti prejudicado. Fiz a brincadeira neste ano e pensei ‘se tirar mais de 500 eu publico o texto'”, afirma.
Aprovado em 2013 para o curso de Informática no Instituto Federal de Ciência e Tecnologia do Rio Grande do Norte (IFRN), o estudante afirma ter feito a prova para testar os conhecimentos. Sobre o Flamengo, ele garante a torcida pelo clube e afirma que a história contada na redação é verdadeira.
“Quando o Flamengo ganhou a Copa Mercosul, em 1999, passava um comercial na TV com o hino. Foi a chance de fazer a homenagem também. Teve o que colocou o hino do Palmeiras. O Flamengo tem torcida maior, mais prestígio, com certeza pensei que ia tirar uma nota maior”, encerra Elias.
G1/RN.

Nenhum comentário: