quarta-feira, 4 de fevereiro de 2015

Governador anuncia corte de gastos sem afetar saúde, educação e segurança

pacienteb9c56178-333f-4f09-927f-154aa18d1ebftangara_blog
O governador Robinson Faria disse que sua gestão pretende reduzir em 50% (cinquenta por cento) as despesas mensais com telefonia móvel, fixa e transmissão de dados e em 30% (trinta por cento) os gastos com outros itens, como água, luz e insumos para o funcionamento das repartições. O anúncio foi feito na leitura da mensagem anual do Executivo, abrindo oficialmente os trabalhos da 61ª legislatura, na primeira solenidade presidida pelo deputado Ezequiel Ferreira (PMDB),
Robinson anunciou que ficará suspenso o empenho de novas despesas cujas dotações orçamentárias sejam vinculadas a recursos ordinários, royalties e verba arrecadada e apesar do contengenciamento na dotação orçamentária, as áreas de Saúde, Educação e Segurança não serão afetadas, de acordo com o gestor.
Outra economia mencionada foi a dispensa da residência oficial e outros benefícios do cargo de chefe do Executivo. Com relação à segurança, Robinson afirmou que vai implantar no Rio Grande do Norte o mesmo modelo de segurança executado na Colômbia, o Ronda Cidadã, que também vem sendo realizado com sucesso em Nova Iorque.
“O Ronda Cidadã é um programa modelo de sucesso em metrópoles que conseguiram dominar a violência urbana e servirá de instrumento para o mesmo desafio que temos aqui”, disse o governador, mencionando a qualificação para os policiais como requisito para o sucesso das iniciativas nesta área.
Ações
Na educação o governador afirmou que sua gestão irá primar pela qualidade do ensino e que serão utilizados todos os esforços e recursos, como a valorização dos professores, dos funcionários e da comunidade escolar. Ainda com relação às medidas de contenção, o governador disse que a Secretaria da Administração e dos Recursos Humanos fará uma auditoria na folha de pagamento, já iniciada, a fim de identificar regularidades e fazer acertos para tornar a política de remuneração de pessoal mais justa.
Economia
Na área econômica, o governador mencionou investimentos no setor turístico, potencializando a divulgação do RN como destino turístico para fortalecer também as micro e pequenas empresas do Estado. Outra medida é a interiorização do turismo, e uma das ações para concretizar a meta é a construção do santuário de Santa Luzia, em Mossoró, no segmento do turismo religioso.
“Nossa confiança está na convicção de que as experiências anteriores fracassaram porque os dias de hoje exigem um novo modelo de governo, com eficiência na gestão, controle social, transparência, respeito ao servidor e valorização dos jovens”, disse Robinson, que afirmou que será no governo o que era como parlamentar: um “municipalista”, buscando o diálogo com os gestores e munícipes.
Ao encerrar a sessão, o presidente da Casa, deputado Ezequiel Ferreira, disse que assumia a presidência com o pensamento de paz e com o espírito desarmado, para que todos juntos possam cooperar na construção econômica do Estado: “Na condução desta Casa assumo com o compromisso de zelar pelas constituições federal e estadual, mas acima de tudo defender os interesses do Rio Grande do Norte”, disse o presidente.

Nenhum comentário: