sexta-feira, 20 de março de 2015

Dia de São José tem poucas chuvas no interior do RN

Se para o sertanejo a chuva no Dia de São José é sinal de um bom inverno, o dia 19 de março deste ano foi desanimador com poucas chuvas no Rio Grande do Norte. De acordo com o chefe de meteorologia da Emparn, Gilmar Bristot, praticamente não houve registro de precipitações nos municípios potiguares.
O boletim meteorológico, com o apurado de chuva desta quinta-feira só será divulgado amanhã pela Emparn. A previsão do tempo é que o clima continue sem chuvas nos próximos dias e que só volte a chover no fim da próxima semana.
115791
A última reunião de Análise e Previsão Climática para o Norte do Nordeste do Brasil, realizada no fim de fevereiro, apontou um inverno normal ou abaixo da média histórica nos meses de março, abril e maio. O prognóstico anterior, divulgado em janeiro, era de que o inverno no semiárido fosse com chuvas abaixo do normal, piorando a situação de seca.
Mesmo com a melhora nas previsões, não foi possível prever se os reservatórios de água do estado terão um aumento do nível. “Tivemos três anos de seca e não vai ser em um ano que o lençol freático e os reservatórios vão recuperar sua capacidade. A reposição é muito lenta. Vão ser necessários de três a quatro anos de período chuvoso normal”, disse o professor de Meteorologia e Climatologia da Universidade Federal Rural do semiárido, José Spínola Sobrinho após a reunião.
Dia de São José
Pela tradição católica, o dia dedicado a São José, padrasto de Jesus, pode ser um divisor de águas para a confiança dos agricultores. Acredita-se que, se chover, o ano será bom para o plantio e colheita.
Padroeiro de pelo menos seis municípios do Rio Grande do Norte, o ponto alto das comemorações ocorre em Angicos, onde uma extensa programação religiosa reúne fiéis.
Da Tribuna do Norte

Nenhum comentário: