sexta-feira, 3 de abril de 2015

Filho do governador Alckmin morre em acidente aéreo

alx_foto-1_original
Thomaz Rodrigues Alckmin, de 31 anos, filho do governador de São Paulo, Geraldo Alckmin, era um dos ocupantes do helicóptero que caiu nesta quinta-feira no centro de Carapicuíba, na Grande São Paulo. Os corpos das cinco vítimas foram encaminhados para o Instituto Médico Legal (IML), em São Paulo.
Coube a um assessor próximo de Alckmin dar a notícia. O tucano retornou de Catanduva, no interior do estado, e se preparava para viajar para Campos do Jordão, na região da Serra da Mantiqueira, onde a primeira-dama do estado, Lu Alckmin, estava. Por volta das 21h30, Lu retornou à capital paulista e recebeu a notícia do próprio governador.
Os Alckmin têm outros dois filhos, Geraldinho e Sofia. Thomaz era o caçula da famíla e tinha uma filha de nove anos.
A queda do helicóptero sobre uma casa deixou cinco mortos por volta das 17 horas desta quinta-feira. Entre as vítimas estão o piloto e três mecânicos que realizavam um voo teste na hora do acidente. A casa onde o helicóptero caiu estava vazia e fechada para reforma. Bombeiros ainda trabalham no local dos escombros.
A aeronave modelo EC 155, prefixo PPLLS, foi fabricada pela Eurocopter e pertencia ao grupo Seripatri Participações, do empresário José Seripieri. A companhia informou que o helicóptero tinha apenas quatro anos de uso e estava com a documentação e manutenção “rigorosamente em ordem”. O filho do governador tinha habilitação para pilotar helicóptero, mas não estava conduzindo a aeronave no momento do acidente.
Em nota, a Seripatri informou que “está prestando toda a assistência necessária aos familiares das vítimas, bem como já destacou profissionais para acompanhar junto às autoridades as investigações das causas do acidente”.
Veja

Nenhum comentário: