sexta-feira, 15 de maio de 2015

Milhares de imigrantes abandonados seguem à deriva no sudeste da Ásia

Imigrantes a bordo de um barco à deriva pegam alimentos jogados por um helicóptero do exército tailandês nas águas da ilha do sul de Koh Lipe, no mar de Andaman. Os passageiros disseram que várias pessoas morreram nos últimos dias (Foto: Christophe Archambault/AFP)Milhares de imigrantes de Mianmar e Bangladesh permaneciam à deriva no mar no sudeste da Ásia, ao mesmo tempo em que os governos da região se recusam a aceitar a entrada das embarcações, ignorando os apelos que pedem o fim do jogo de "pingue-pongue humano".
saiba mais
Milhares de imigrantes de etnia muçulmana perseguida ficam à deriva na costa da Tailândia
"Por favor, nos ajudem", suplicaram os ocupantes de um barco com 300 emigrantes rohingyas (minoria muçulmana considerada uma das mais perseguidas do mundo pela ONU) perto da costa da Tailândia, em uma mensagem ouvida por um correspondente da AFP que estava a bordo de uma embarcação próxima.
"Dez pessoas morreram durante a viagem. Jogamos seus corpos no mar", afirmou um rohingya aos jornalistas

Nenhum comentário: