terça-feira, 30 de junho de 2015

José Dias e Henrique X Robinson

Passada a relação destemperada entre o deputado José Dias e o sobrinho afim Henrique Alves, eis que agora o alvo é o governador Robinson Faria.De quem Dias se diz amigo, porém, adversário político.
Interessa a Henrique a metralhadora giratória de José Dias contra Robinson.
E em se falando de oposição, Zé Dias é especialista.
Inteligente, consistente, corajoso.
Não costuma medir palavras para tratar de um tema indigesto.
E é disso que Henrique precisa na Assembleia Legislativa, já que os deputados do seu PMDB andam pra lá de calmos em relação ao governo Robinson.
Ontem Henrique foi ao apartamento de José Dias.
A visita à tia Diúda havia sido agendada desde o sábado, na missa de 7º dia de morte do deputado Agnelo Alves (PDT), irmão de Diúda, e pouco afeito ao sobrinho Henrique.
Foram anos a fio se alfinetando, com Agnelo não economizando palavras de bastidores contra Henrique.
A última eleição uniu os dois.
O prefeito Carlos Eduardo e o pai Agnelo apoiaram Henrique para o governo.
Mas, dois anos antes, na eleição vitoriosa de Carlos para prefeito de Natal, Henrique, sem economizar nos discursos, estava no palanque de Hermano Morais (PMDB), contra Carlos, contra Agnelo.
Na eleição de 2010, quando Rosalba Ciarlini se elegeu governadora, Henrique apoiou a candidatura à reeleição do governador Iberê Ferreira.
Hoje poucos se recordam, mas nessa campanha, Carlos Eduardo, com apoio do pai Agnelo, também foi candidato a governador, e sem o apoio de Henrique.
Passados os tempos de discórdia, eis a união interessada e interesseira.
Coisas que só a política consegue explicar.
Coisas que o eleitor não consegue mais entender.

Thaisa Galvão

Nenhum comentário: