quinta-feira, 10 de setembro de 2015

Para enfrentar a crise, brasileiros fazem mais bicos ou têm segundo emprego

concentrar-trabalho
A crise econômica já altera a rotina da maior parte das famílias no país como estampa a reportagem do Jornal O Globo. O impacto no cotidiano é maior do que o sentido na turbulência financeira global iniciada em 2008. Agora, mais da metade dos brasileiros (57%) já mudou hábitos de consumo para se proteger do cenário, que deteriora-se a cada dia. E quase a metade (48%) já faz bicos ou até tem um segundo emprego para complementar a renda, de acordo com um levantamento feito pela Confederação Nacional da Indústria (CNI) e pelo Ibope, divulgado nesta quarta-feira, 9.
Em setembro de 2013, o percentual de entrevistados que procura aumentar a renda de alguma forma era bem menor: 25%. Entre as famílias mais pobres, com renda até um salário mínimo, um segundo trabalho é realidade para 58%. Já para as que ganham mais que cinco salários, o índice é de 36%. Em 40% das casas, pessoas que não trabalhavam procuraram ocupação para ajudar a família. E 24% das pessoas voltaram a estudar para driblar o desemprego.

Nenhum comentário: