quinta-feira, 7 de julho de 2016

Tchau, querida! Não tem choro e nem vela

dilma veia
Não adianta choro, nem vela: pelas contas do Palácio do Planalto, a destituição definitiva da presidente afastada Dilma Rousseff, no fim de agosto, terá pelo menos 60 votos favoráveis. Por enquanto, todos os levantamentos indicam que apenas 18 senadores se dizem dispostos a votar pelo retorno de Dilma ao governo, mas cerca de dois terços dos senadores não querem nem ouvir falar nessa possibilidade. A informação é do colunista Cláudio Humberto, do Diário do Poder.
Embora não se jacte disso, um dos mais otimistas com a continuação do governo Michel Temer é o ministro Eliseu Padilha (Casa Civil).
Após acertar em cheio a votação do impeachment na Câmara e no Senado, Eliseu Padilha acha que Dilma poderá ter 61 votos contra ela.
O estilo de Dilma, hostil até aos que a apoiavam, não deixou saudades. Do tipo que aprecia gritos e palavrões, ela afastava até os petistas.
É meramente ideológico o que resta de apoio a Dilma no Senado. Esse tipo de senador, em geral, não gosta dela. Mas vota “na esquerda”.
Robson Pires

Nenhum comentário: