sábado, 15 de fevereiro de 2014

Delegado afirma que já tem pistas de quem matou lutador de MMA em Natal

guilhermeA Polícia Civil já tem pistas que podem levar à prisão os suspeitos de envolvimento no assassinato do lutador de MMA Guilherme Matos Rodrigues, de 30 anos. Guilherme Kioto, como era mais conhecido, foi morto a tiros na noite da última terça-feira (10) em frente a uma lanchonete de açaí, no bairro de Nova Parnamirim, na Grande Natal. Até o momento, dois homens são considerados participantes diretos do crime. Um deles, encapuzado, se aproximou da vítima e efetuou os disparos. O outro de apoio com uma motocicleta no momento da fuga. “’Já tenho pistas de quem matou o lutador. São pistas que podem nos levar aos culpados. É tudo o que posso dizer”, afirmou Frank Albuquerque, delegado responsável pelo caso.
Apesar de evitar dar detalhes sobre quem são os suspeitos, o delegado já havia revelado ao G1 que uma das armas apreendidas com torcedores do América suspeitos de participação na morte do adolescente Flávio Augusto da Costa Leandro, de 17 anos, assassinado em novembro do ano passado na zona Sul da capital, pode ser a usada no assassinato do lutador. “Foram apreendidas três armas, sendo duas pistolas, uma calibre 380 e outra 9 milímetros. Desconfiamos que uma delas tenha sido alugada e usada no homicídio do lutador”, afirmou. “Solicitamos as armas para que sejam feitas perícias de comparação balística”, acrescentou. O resultado deve sair nos próximos dias.
Nesta sexta-feira (14), ainda de acordo com o delegado, foram ouvidos parentes de kioto. Na próxima semana, ele disse que irão prestar depoimento clientes que estavam na lanchonete no momento dos disparos. O vídeo ao lado, cedido pela polícia, mostra a correria dos clientes no momento em que o lutador foi atingido pelos tiros. As imagens não mostram os suspeitos nem o lutador sendo baleado.
G1/RN

Nenhum comentário: