quarta-feira, 24 de setembro de 2014

Debate: Henrique diz que tem segurança e preparo para governar

henrique ponta negra
Alvo principal das perguntas feitas pelos adversários, o candidato do PMDB ao governo, Henrique Alves, mostrou segurança e preparo, respondeu a todas as questões apresentadas e reafirmou compromissos e prioridades. “Eleição não pode ser uma guerra, na qual as pessoas se agridem e o vencedor sai mutilado e como um sobrevivente, sem condições de governar”,afirmou o candidato ao fazer suas considerações finais. Ele lembrou que o estado não pode mais errar e embarcar numa nova aventura. “O Rio Grande do Norte vive uma situação muito grave e está quase ingovernável”, comentou.
Respondendo a pergunta feita pelo candidato Robinson Faria, Henrique se disse admirado com seu nível de desinformação e lembrou que foi relator do Pré-Sal e do programa Minha Casa, Minha Vida. Graças a seus pareceres, o Congresso aprovou a destinação de mais recursos da exploração do petróleo para os municípios e garantiu a extensão do programa habitacional para os pequenos e médios municípios brasileiros. Henrique defendeu a participação do Governo do Estado no apoio às prefeituras para que os municípios possam promover a assistência básica à saúde, a recuperação dos hospitais regionais e melhor compartilhamento de responsabilidades entre a União, Estado e Municípios para garantir o direito da população a serviços de saúde de qualidade. Reafirmou, ainda, a prioridade para a construção do Hospital de Trauma em Natal.
O candidato do PMDB também desmistificou a proposta do vice-governador Robinson Faria de importar do Ceará o programa Ronda do Quarteirão. Herique provou que o programa não impediu o aumento dos casos de homicídios em Fortaleza, considerada uma das cidades mais violentas do País. Perguntado pelo vice-governador se era o Henrique que amadureceu ou o Henrique radical do passado, o candidato a governador da coligação União pela Mudança foi incisivo: “Sou o mesmo Henrique que o senhor procurou na residência do presidente da Câmara dos Deputados pedindo que eu o adotasse como candidato a governador”, declarou.
Robson Pires

Nenhum comentário: